Informes Regionais

Informes:
  • Argentina: Huellas fotográficas, por Elaine Torres Américo
  • Brasil: Os desafios da fotografia como documento em/de arquivos, por Rinaldo Façanha Morelli
  • Chile: Entre a técnica e a história, por Natália Lima Saraiva
  • Colômbia: Arte, prova e memória, por Julia Araujo Donato
  • México: Retratos cotidianos, por Tânia Maria de Moura Pereira
  • Uruguai: Fotografia no Uruguai: história e usos sociais, por Rafael Dias da Silva

Sobre os informes:
A execução dos informes regionais foi feita mediante un levantamento inicial de recursos bibliográficos de interesse potencial à discussão sobre Fotodocumentação na América Latina, sendo inseridos em una planilha excel. Paralelamente, procedeu-se à prospecção de outros recursos --e/ou confirmação da importancia do levantamento inicial-- com a comunidade internacional especializada, através da aplicação de formulário específico (aqui). Á medida que a planilha crescia a equipe do Bibliofoto foi sistematizando as ocorrências e consolidando a informação, compartilhando esse arquivo via Google Drive, com a equipe dos Informes Regionais: planilha (restrita à equipe de pesquisa).
Foram criadas abas específicas para cada país, designando um membro responsável para cada um. Em paralelo buscou-se o apoio de colaboradores específicos que auxiliaram na seleção qualitativa e, eventualmente, na inserção de novos recursos. Cada pesquisador ficou responsável indicar os textos a serem selecionados, para uma tomada de decisão coletiva, e inserí-lo no formulário de mapeamento de referências (aqui) com vistas ao estabelecimento de um mini-resumo (cerca de 50 palavras) sobre o recurso, usando o mesmo formulário. Por essa razão alguns informes apresentam uma quantidade maior de textos identificados do que os efetivamente inseridos no sistema, que, necessariamente, são objeto de um mini-resumo. Buscou-se obter ao menos dez mini-resumos, salvo as situações nas quais o universo identificado não possibilitou atingir tal número.

Textos considerados como mais significativos foram analisados mais a fundo foram apresentados para toda a equipe e discutidos criticamente, com vistas à elaboração de resumos estruturados de, nessa fase, ao menos quatro recursos por país --exceto nos casos nos quais o quantitativo não permitiu alcançar tal cifra--, valendo-se de formulário específicos para isso (aqui).
Cada informe é composto por uma tabela geral de recursos identificados na primeira fase, dez mini-resumos (salvo as exceções já apontadas), quatro resumos (idem), dados sobre os autores mais relevantes apontados na prospecção primária internacional e no trato com o material pelos responsáveis pelos informes. Tais dados não têm a pretensão de serem numéricamente consistentes, apenas anotam a impressão geral identificada pelos responsáveis. Por ser um projeto dinâmico, autoria das fichas não corresponde linearmente à autoria dos informes. Por exemplo, no caso da Argentina, houve o aproveitamento das informações sobre um recurso, sistematizadas por Laila Di Pietro (Lattes aqui), na fase de testes dos formulários e no caso do Brasil, também foram aproveitadas as informações sistematizadas por Bárbara Costa Resplandes (Lattes aqui) a respeito de dois recursos bibliográficos.
Os recursos mapeados, ao menos ao nível de mini-resumo, foram, nesta aplicação, desdobrados em fichas, que trazem minimamente a referencia APA do recurso, seu mini-resumo, a indicação de áreas relevantes do texto e a autoria da ficha. Quanto existente, foram ainda agregados o resumo estruturado e as respectivas informações relativas à identificação das informações mais relevantes dos textos.
Os recursos se comportam de maneira dinâmica e, paulatinamente, a equipe Bibliofoto vai incrementando a base, seja aprofundando as informações iniciais --isto é: realizando mini-resumos de recursos apenas elencados e/ou resumos estruturados de textos que somente estavam na fase de mini-resumo-- e/ou acrescentando novos recursos. Igualmente, para buscar maior consistência, é possível que algumas referencias sejam eliminada para que o quadro geral apresentado possa melhor dar conta de recursos mais significativos, posto que não há pretensão de exaustividade.

Pesquisa e execução

Colaboradores:
  • Alma Leticia Gómez Gómez (México)
  • Fabián Hernández Muñiz (Uruguai)
  • John Francisco Cuervo Alonso (Colombia)
  • Luiz Carlos Flôres de Assumpção (Brasil, informe México)
  • Mariana Avramo (Argentina)
  • Solange Ferraz de Lima (Brasil)
  • Yohanna Lizett Díaz Vázquez (Cuba, informe Uruguai)

Fichas de acompanhamento: